Comunicação Não-Violenta (CNV)

Atualizado: 5 de Set de 2019

Como controlar o sentimento que nos faz culpar a outros pelas nossas ações precipitadas e nos coloca em situações desfavoráveis?

Dia após dia o ser humano segue a vida de uma maneira robótica, possui uma rotina em que poucas vezes se permite sair dela. Num mundo que avança sem parar, é um erro ficar na zona de conforto, por isso se enfrenta uma rotina agitada procurando uma estabilidade financeira.


Controlar as nossas palavras se tornou mais difícil do que controlar as nossas ações, e com uma palavra colocada no lugar errado, já provocamos uma ação que não se desejava, que poderia ter sido evitada.


O livro ‘’Comunicação Não-Violenta’’ de Marshall B. Rosenberg, aborda de uma maneira esplêndida e tão humana como é possível aprender a se comunicar abordando problemas humanos e tratando cada ser com empatia e respeito.

"Empatia! Lembre desta palavra, pois é a chave do livro e será a chave mestra da sua vida."

Marshall B. Rosenberg foi um psicólogo americano com PHD em psicologia clínica e desenvolveu inicialmente o processo da Comunicação Não-Violenta (CNV) em 1963. Trabalho que aperfeiçoou continuamente até a sua morte em 2015. O livro relata que Marshall tomou conhecimento da violência ainda muito novo, o que o motivou a querer entender o que causava esse sentimento nas pessoas.


De uma maneira inteligente, passiva e empática, o autor da CNV aborda situações leves, medianas e caóticas utilizando as ferramentas da CNV que ele ao longo de sua carreira criou e aperfeiçoou. No livro ele destaca o poder da palavra e como ela, utilizada da maneira correta, pode livrar o ser humano de situações hostis.


Para entender melhor, Marshall explica que ‘’a CNV é um processo para inspirar conexões e ações compassivas. Ela oferece uma estrutura básica e um conjunto de habilidades para abordar os problemas humanos, desde os relacionamentos mais íntimos, até conflitos políticos e globais. A CNV pode nos ajudar a evitar conflitos, bem como a resolvê-los pacificamente’’.


Se todo ser humano desde pequeno pudesse ter conhecimento do processo da CNV, no mundo existiriam mais bibliotecas cheias de leitores vorazes e mais cadeias vazias.


No livro se fala de paz, um elemento essencial no mundo de hoje. Também se abordam as necessidades das pessoas, do ouvinte e do interlocutor. Necessidades que em meio ao amadurecimento vão se camuflando e terminam se transformando em desejos reprimidos. De uma maneira interessante Marshall explica que cada pessoa é responsável pelo seus atos e, consequentemente, pelo que sente. O fato de alguém te provocar ira não significa que aquela pessoa seja o problema, ela pode ser um estímulo, mas o sentimento e o entendimento são individuais a quem sente. Logo, se trabalha o autocontrole, a paciência, empatia e o poder de análise e pensamento.


Se trata de trabalhar a empatia de uma maneira íntima, levando ao autoconhecimento e consequentemente ao autocontrole, para assim, poder agir da melhor forma possível em situações desconfortáveis, perigosas ou nas coisas simples do dia a dia.


Se para os adultos estabelecer uma comunicação verdadeira sem julgamentos, preconceitos, suposições ou observações já é difícil, nesta era digital, se requer um cuidado maior com os jovens e as crianças. Não se trata de privá-los do mundo tecnológico, mas sim, encaminhá-los a que usem os avanços do mundo a seu favor.


Num mundo em que as crianças e jovens estão constantemente conectadas, se torna difícil para os pais controlar esse advento. Mas, graças a tecnologia e a sua infinidade de possibilidades e oportunidades, existem escolas que trabalham os pensamentos e raciocínios dos seus estudantes e criam situações onde eles têm que sair da sua zona de conforto, para desenvolver determinados problemas e assim criar soluções que podem se transformar em criações fantásticas, utilizando o poder da tecnologia como uma pequena ajuda, num processo em que o desenvolvimento educacional da criança ou jovem é fundamental.


Pais de crianças e jovens que frequentam escolas que utilizam a tecnologia como isca na aventura de desenvolver habilidades importantes para chegar no objetivo de torná- los num melhor aprendiz, têm notado uma mudança impactante e significativa no comportamento dos seus filhos, tanto na escola como em casa, além da maneira de falar e raciocinar sobre determinados assuntos.


"Tornam-se crianças e jovens conscientes que aportam coisas significativas ao mundo."

Estas escolas não trabalham com fórmulas mágicas, elas só externam e potencializam o talento que a criança ou jovem já possui, agregando-lhe foco e habilidades que os ajudarão a enfrentar as situações da vida, e o mais importante: os ajuda a descobrir o que os faz feliz e que o esforço é o segredo para isso.


Se guiando pelo processo da CNV, essas escolas também fazem questão de trabalhar a empatia entre seus alunos e os torna conscientes sobre as ações e consequências dos seus atos e palavras.


Problemas como falta de atenção, desgosto de alguma matéria na escola ou excesso de gosto pela tecnologia/joguinho/redes sociais são questões que as escolas que usam o poder da tecnologia como aliado podem trabalhar com seu filho usando a CNV e a tecnologia como uma ferramenta de aprendizagem.


O protagonista não é a tecnologia, mas sim a criança ou jovem. Portanto, são os pequenos quem comandarão cada ação! A internet ou computador será só um veículo que eles utilizarão para seu desenvolvimento, guiados por uma vontade intrínseca que ele irá descobrir.


Se trata de perceber problemas como oportunidades e, ainda muito mais profundo, saber IDENTIFICAR estes problemas. Esta é uma habilidade que é peça chave na vida de qualquer ser humano, pois faz com que ele realize mudanças positivas e provoque transformações favoráveis ao mundo.


Não fique parado no tempo, acompanhe as mudanças do mundo e aproveite corretamente as ferramentas que a tecnologia pode te proporcionar. Seu filho precisa de você antenado a tudo!

0 visualização
  • PatrulhaEUREKA.org
  • PatrulhaEUREKA.org
  • PatrulhaEUREKA.org

Sempre rumo ao tesouro de Bresa e com muito Harbatol!!

Avenida Benjamin Constant, 2023 - Centro - Boa Vista (RR)

(95) 99904-1879

contato@patrulhaeureka.org

Parceiros e Patrocinadores
LOGO EasyDS ATUAL.png